Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
 
Farmácia.jpg
 

INFORMAÇÕES DO CURSO

OBJETIVOS DO CURSO

PERFIL DE EGRESSO

INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO

GERAL:

 

Proporcionar uma formação do farmacêutico humanista, crítica, reflexiva e generalista, bem como pautar-se por uma concepção de referência nacional e internacional, de Graduação em Farmácia, na modalidade bacharelado.

ESPECÍFICOS:

I – contemplar componentes curriculares, que integrem conhecimentos teóricos e práticos de forma interdisciplinar e transdisciplinar;

II – adotar um planejamento curricular, que contemple as prioridades de saúde, considerando os contextos nacional, regional e local em que se insere o curso;

III – buscar cenários de práticas diversificados, inseridos na comunidade e nas redes de atenção à saúde, pública e/ou privada, caracterizados pelo trabalho interprofissional e colaborativo;

IV – assumir estratégias para a formação, centradas na aprendizagem do estudante, tendo o professor como mediador e facilitador desse processo;

V – implantar ações intersetoriais e sociais, norteadas pelos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS); VI - atuação profissional, articulada com as políticas públicas e com o desenvolvimento científico e tecnológico, para atender às necessidades sociais;

VII – adotar o cuidado em saúde, com atenção especial à gestão, à tecnologia e à inovação como elementos estruturais da formação;

VIII – estimular a tomada de decisão com base na análise crítica e contextualizada das evidências científicas, da escuta ativa do indivíduo, da família e da comunidade;

IX – incentivar a liderança, ética, empreendedorismo, respeito, compromisso, comprometimento, responsabilidade, empatia, gerenciamento e execução de ações, pautadas pela interação, participação e diálogo;

X – assumir o compromisso com o cuidado e a defesa da saúde integral do ser humano, levando em conta aspectos socioeconômicos, políticos, culturais, ambientais, étnico-raciais, de gênero, orientação sexual, necessidades da sociedade, bem como características regionais;

XI – promover uma formação profissional, que o capacite para intervir na resolubilidade dos problemas de saúde do indivíduo, da família e da comunidade;

XII – promover uma assistência farmacêutica, utilizando medicamento e outras tecnologias como instrumentos para a prevenção de doenças, promoção, proteção e recuperação da saúde;

XIII – fomentar a incorporação de tecnologias de informação e comunicação em suas diferentes formas, com aplicabilidade nas relações interpessoais, pautada pela interação, participação e diálogo, tendo em vista o bem-estar do indivíduo, da família e da comunidade;

XIV – estimular a educação permanente e continuada, responsável e comprometida com a sua própria formação, estímulo ao desenvolvimento, à mobilidade acadêmico-profissional, à cooperação e à capacitação de profissionais, por meio de redes nacionais e internacionais.

 

  • Garantir a formação de um profissional Farmacêutico sensibilizado pelos princípios do SUS, capaz de intervir nas condições de saúde da população, tanto em caráter individual quanto coletivo, avaliando, diagnosticando, desenvolvendo, prevenindo, educando, tratando e recuperando funções e/ou disfunções.

  • Estimular comportamentos éticos e políticos, tornando o estudante consciente de seus direitos e deveres diante da sociedade, ciente da importância de seu papel na promoção da saúde e na preservação do ecossistema, formando cidadãos éticos, profissionalmente competentes, criativos e solidários.

  • Incentivar a pesquisa e a produção científica, fruto das vivências nos projetos de extensão e/ou campos de estágios, desta forma contribuindo para a transformação da realidade social, por meio da geração de novos conhecimentos e da análise crítica da realidade.

  • Favorecer a análise crítica da história da profissão, a sua correlação com a história da saúde no país e no mundo, instigando, desta forma, a consciência de que em cada época, diferentes sujeitos participam do processo de construção histórica de uma profissão, e porque não dizer, de uma nação.

O Curso de Farmácia da Faculdade Vale do Cricaré, em harmonia com a Resolução nº 6, de 19 de outubro de 2017, que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Farmácia, foi pensado para formar um profissional com competências em:

I - Cuidado em Saúde;

II - Tecnologia e Inovação em Saúde;

III - Gestão em Saúde.

IV - investigação de riscos relacionados à segurança do paciente, visando ao desenvolvimento de ações preventivas e corretivas;

V - identificação de situações de alerta para o encaminhamento a outro profissional ou serviço de saúde, atuando de modo que se preserve a saúde e a integridade do paciente;

VI - planejamento, coordenação e realização de diagnóstico situacional de saúde, com base em estudos epidemiológicos, demográficos, farmaco epidemiológicos, farmaco econômicos, clínico-laboratoriais e socioeconômicos, além de outras investigações de caráter técnico, científico e social, reconhecendo as características nacionais, regionais e locais;

VII - elaboração e aplicação de plano de cuidado farmacêutico, pactuado com o paciente e/ou cuidador, e articulado com a equipe interprofissional de saúde, com acompanhamento da sua evolução;

VIII - prescrição de terapias farmacológicas e não farmacológicas e de outras intervenções, relativas ao cuidado em saúde, conforme legislação específica, no âmbito de sua competência profissional;

IX - dispensação de medicamentos, considerando o acesso e o seu uso seguro e racional;

X - rastreamento em saúde, educação em saúde, manejo de problemas de saúde autolimitados, monitorização terapêutica de medicamentos, conciliação de medicamentos, revisão da farmacoterapia, acompanhamento farmacoterapêutico, gestão da clínica, entre outros serviços farmacêuticos;

XI - esclarecimento ao indivíduo, e, quando necessário, ao seu cuidador, sobre a condição de saúde, tratamento, exames clínico-laboratoriais e outros aspectos relativos ao processo de cuidado;

XII - busca, seleção, organização, interpretação e divulgação de informações, que orientem a tomada de decisões baseadas em evidências científicas, em consonância com as políticas de saúde;

XIII - promoção e educação em saúde, envolvendo o indivíduo, a família e a comunidade, identificando as necessidades de aprendizagem e promovendo ações educativas;

XIV - realização e interpretação de exames clínico-laboratoriais e toxicológicos, para fins de complementação de diagnóstico e prognóstico;

XV - prescrição, orientação, aplicação e acompanhamento, visando ao uso adequado de cosméticos e outros produtos para a saúde, conforme legislação específica, no âmbito de sua competência profissional;

XVI - orientação sobre o uso seguro e racional de alimentos, relacionados à saúde, incluindo os parenterais e enterais, bem como os suplementos alimentares e de plantas medicinais fitoterápicas de eficácia comprovada;

XVII - prescrição, aplicação e acompanhamento das práticas integrativas e complementares, de acordo com as políticas públicas de saúde e a legislação vigente.

Autorização do Curso: AUTORIZADO pela Portaria do MEC Nº PORTARIA Nº 500, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2020

Título: Bacharel em Farmácia ou Farmacêutico

Área de conhecimento: Ciências da Saúde – Área 40300005 – CNPQ

Duração: 5 anos – 10 semestres

Vagas: 100 (cem) alunos anualmente

Carga horária: 4420 horas

Período: diurno (atividades complementares e práticas) e noturno 16h00 às 22h00 (atividades de sala de aula e Laboratórios) e integral para estágios.

Estrutura Curricular

WhatsApp Image 2021-11-12 at 11.15.38.jpeg

Dados do Coordenador

Ivana Perini Casteluber Fuzer

Bacharel em Farmácia e Mestre em Agricultura Tropical pela Universidade Federal do Espírito Santo. Licenciatura em Ciências Biológicas pela Faculdade Cruzeiro do Sul. Possui experiência na área de Indústria Farmacêutica e Cosmética. Leciona no ensino superior a 8 anos

Acesse as redes sociais do curso

  • Instagram